Tecnologia no setor financeiro: desafios e oportunidades

Tecnologia no setor financeiro
TOPdesk Brasil

TOPdesk Brasil

O atual momento de consumo digital traz desafios e oportunidades para a consolidação e desenvolvimento de tecnologia no setor financeiro. Isso porque o assunto e-commerce ganhou importância sem precedentes no último ano.

Impulsionado pela pandemia do coronavírus, o comércio eletrônico brasileiro registrou crescimento de 27% em 2021. Ao todo, foram 182,7 Bi em vendas, de acordo com dados do mais recente relatório do NielsenIQ Ebit. Tal crescimento impacta diretamente o setor financeiro. Afinal, clientes esperam serviços de pagamento rápidos e convenientes, de forma consistente nos canais de sua escolha.

Se você quer saber o que deve impactar o setor financeiro este ano, continue a ler este artigo!

Mercado em números

  • Digitalização das transações: no Brasil, R$ 40 bilhões em espécie deixaram de circular no país de janeiro a outubro de 2021. Uma queda de 10,5%;
  • Consolidação do pagamento instantâneo: o Pix já acumula 117,7 milhões de usuários e é um dos principais meios utilizados;
  • Crescimento das carteiras digitais: a adesão às carteiras digitais chega a 89% dos brasileiros;
  • Pagamento por aproximação: a projeção de movimentação de transações cashless e contactless já é de R$3 tri para 2022;
  • Infraestrutura na nuvem: até 2026 a previsão é de que gastos com Nuvem Pública excederão 45% de todos os gastos corporativos de TI, contra menos de 17% em 2021.

Fonte: Relatório da Zoop

E-commerce x setor financeiro

Em 2021, o comércio eletrônico registrou crescimento em todos os âmbitos. De acordo com o NielsenIQ Ebit, tanto os novos consumidores quanto os consumidores recorrentes tiveram um ticket médio maior do que o ano anterior. Contudo, o ticket médio dos novos adeptos teve um crescimento de 9% acima do total.

Os dados comprovam que vivemos uma transformação do mundo físico e digital. O dinheiro, anteriormente físico, está cada vez mais digital. Hoje, os meios de pagamentos são tão importantes quanto os produtos e serviços ofertados pelos negócios. Pix, QR-Code, cartões por aproximação: o dinheiro vivo ainda é bastante utilizado pelos brasileiros, mas podemos observar que o avanço tecnológico tem modificado essa realidade.

Nesse cenário, praticidade é palavra-de-ordem. A tecnologia e conectividade permitiram avanços nos mais diversos setores da economia, e não é diferente para a indústria financeira. A digitalização tem simplificado os processos de modo a dar mais comodidade para as pessoas e mais eficiência para as empresas. Nesse panorama, a TI aparece como um mecanismo capaz de viabilizar mudanças.

Tecnologia no setor financeiro em ascensão

Diante tantas transformações tecnológicas, o crescimento de soluções em nuvem merece um destaque. Dados do relatório da Zoop mostram que os softwares voltados para diferentes setores como manufatura, saúde, logística, serviços públicos, varejo e hotelaria tiveram um aumento de mais de 200% de adesão de novos clientes durante a pandemia (no período de maio a junho de 2020).

“O setor financeiro e de pagamentos também é um dos grandes beneficiados por essa transformação. Soluções como Banking as a Service, possibilitam que qualquer empresa possa oferecer serviços financeiros”, destaca o estudo.

Assim, infraestrutura de TI focadas no mercado financeiro surgem como uma excelente alternativa para instituições financeiras tradicionais ou até mesmo outras fintechs. Por meio destas parcerias plataformas SaaS (Software as a Service), a criação de novos negócios fica muito mais fácil, ágil e com custos e dores de cabeça reduzidos.

Abaixo, confira como o TOPdesk ajudou a Hub Fintech, hoje, parte da Magalu, a elevar seus resultados

Tendências de tecnologia no setor financeiro

Hiperautomação

A hiperautomação é considerada uma das principais tendências em tecnologia pela consultoria Gartner. Trata-se de uma abordagem disciplinada e orientada para os negócios para identificar, examinar e automatizar rapidamente o maior número possível de processos de negócios e TI. 

O recurso possibilita escalabilidade, operação remota e interrupção do modelo de negócios. As vantagens são inúmeras para a gestão corporativa. O aumento da escalabilidade e os ganhos de produtividade, por exemplo, permitem que os recursos sejam utilizados de maneira otimizada, possibilitando um alto nível de economia.

Pagamentos facilitados

As novas tecnologias em pagamentos é algo que vem ganhando espaço no setor financeiro. Como mencionamos acima, Pix, QR-Code, cartões por aproximação tiveram ótima aceitação pelo público. O PIX, por exemplo, foi sistema de pagamentos instantâneos com adesão mais rápida no mundo. Assim, o Brasil deve viver em 2022 uma adoção em massa das novas tecnologias de pagamentos, com uma redução gradual de dinheiro físico e, até mesmo, do uso dos cartões de crédito e débito. 

Reconhecimento facial

A tecnologia de reconhecimento facial, já consolidada em países como China e Rússia, veio conquistando seu espaço no Brasil nos últimos dois anos. Afinal, possui característica valorizada em tempos de distanciamento social: a diminuição no contato com máquinas de cartão e outros equipamentos.

Outro benefício é que, de acordo com programadores, o mecanismo diferencia uma pessoa real de fotos ou vídeos. Portanto, diminui significativamente a possibilidade de fraudes.

Cloud Computing

Como mostramos acima, infraestrutura na nuvem terão crescimento significativo até 2026. E não é para menos. Afinal, são importantes aliadas aos CFOs (Chief Financial Officer) e CIOs (Chief Information Officer).

Por meio da Cloud Computing (Computação em Nuvem, na tradução livre para o português), é possível acessar os dados da empresa de qualquer lugar e a qualquer hora. Isso porque a tecnologia possibilita que informações, dados e sistemas sejam armazenados em servidores e não mais em equipamentos dentro da corporação (discos rígidos ou outros dispositivos). Com isso, ganha-se em segurança e integração entre departamentos.

Ações baseadas em dados

Os dados são ativos relevantes às organizações. Fato que não é diferente no setor financeiro. O BI (Business Intelligence) vem para ajudar as organizações na tomada de decisões inteligentes e objetivas. Afinal, são baseadas em dados. Assim, ele aumenta a assertividade das estratégias e melhora o diferencial competitivo. O BI é uma forma eficiente de gerenciar dados e otimizar as análises do negócio a partir dessas informações. 

Ele também permite criar operações escaláveis e seguras, além de construir uma cultura organizacional orientada por dados. Para trazer o BI para dentro do setor financeiro, é importante contar com bons sistemas e processos otimizados para coletar, organizar, monitorar e interpretar os dados.  

Automação

As automações já são uma realidade para diversas empresas do setor financeiro. Com elas, os processos se tornam mais fluidos e os times aumentam sua produtividade. Isso acontece porque as automações liberam os profissionais das atividades manuais repetitivas e que podem ser realizadas facilmente por uma máquina. Com isso, economizam tempo e conseguem se dedicar a demandas que exigem a inteligência humana para serem concluídas. 

Como a TOPdesk pode ajudar o setor financeiro

Além das tendências apresentadas acima, privacidade dos dados aparecem com cada vez mais força. Com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), empresas do setor financeiro precisam adaptar suas operações para as novas diretrizes estabelecidas, principalmente, por lidarem com dados bancários dos clientes.

Com o TOPdesk, você pode escolher onde seus dados são armazenados. Elimine custos inesperados de manutenção com o SaaS e garanta a segurança das suas informações com uma ferramenta desenvolvida, desde sempre, considerando a privacidade dos dados.

Além disso, o software TOPdesk tem funcionalidades necessárias para o melhor resultado no service desk

  • Gestão de Incidentes: acompanhe solicitações, atribua automaticamente tarefas a agentes especializados e compartilhe seu progresso com e-mails automatizados;
  • CMDB: veja quais ativos sua empresa possui, quem está usando, como estão relacionados e quando precisarão ser substituídos;
  • Gestão de Mudanças: solicite, planeje e avalie workflows inteiros de todas as mudanças dentro de sua empresa em um único dashboard.

Agora que você viu como a tecnologia no setor financeiro norteia todas as tendências, conte com ela para galgar novos patamares na sua empresa. A TOPdesk oferece soluções personalizadas para o seu negócio.

Um exemplo é o caso do Sicoob, o maior sistema de cooperativas do país, que passou por uma reformulação completa em seus processos internos para atender seus clientes e contou com o TOPdesk para este desafio. O resultado? Aumento de 40% na produtividade da empresa. Além disso, 92% dos chamados são atendidos em 24h horas.

Solicite um teste gratuito e fale com um dos nossos especialistas para saber como a TOPdesk pode ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Teste nossa solução de Service Desk gratuitamente!

OU

Compartilhe este artigo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on skype
Share on whatsapp

Artigos Relacionados:

ITSM

Por que adotar uma solução ITSM baseada em nuvem?

O ITSM baseado em nuvem ganha cada vez mais relevância no universo corporativo quando o assunto é melhorar a gestão da empresa. Saiba mais sobre os benefícios das soluções SaaS.