Saiba tudo sobre Gestão de Ativos de TI (ITAM)

Gestão de ativos
TOPdesk Brasil

TOPdesk Brasil

O Gerenciamento de Ativos de TI ou ITAM é um conjunto de processos de negócios que gerenciam o ciclo de vida e o inventário dos ativos de TI de uma organização. Isso inclui todos os elementos de software e hardware presentes no ambiente de negócios. 

 

Quando usado corretamente, um processo de Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) ajuda as organizações a reduzirem custos e riscos de TI, além de melhorar a produtividade.

 

Um exemplo prático são os desktops e notebooks. Esses ativos possuem vários aplicativos, licenças, hardware e software que precisam ser atualizados, reparados e substituídos com frequência.

 

Algumas ações importantes na Gestão de Ativos de TI são ter um rastreio de garantias, facilitando o planejamento de reposições e suporte, e manter um banco de dados com todas as licenças de software para acompanhar as datas de expiração.

 

Neste post, saiba mais sobre o tema e como uma solução de service desk pode ajudar você a gerenciar seus ativos.

Quais são os benefícios de um software de Gestão de Ativos?

O software de Gestão de Ativos de TI traz quatro benefícios principais para a sua empresa:

  1.   Evitar multas — Facilita acompanhar as obrigações legais, contratuais e regulamentares. Reduz custos nas auditorias, pois um processo de ITAM maduro economiza tempo nas respostas e diminui drasticamente o valor da fatura de auditoria.
  2.   Aumentar a eficiência e reduzir custos com os ativos — O ITAM ajuda a entender como, onde e se os software e hardware da sua empresa são usados. Ao compreender quais ativos não são necessários, você evita compras sem razão e economiza com manutenção, suporte e uso de energia.
  3.   Melhorar a segurança — Ao reduzir os ativos necessários na organização, você diminui também a quantidade de sistemas. Isso permite reforçar a segurança, já se foca no que realmente importa. Outra vantagem é que o software ITAM permite entender quem tem acesso aos dados confidenciais, favorecendo um melhor controle da restrição das permissões de usuários.
  4. Atualizações – Quando você sabe quais são os ativos da sua empresa e tem processos para acompanhá-los com precisão, torna-se muito mais prático mantê-los atualizados.

O framework ITIL tem cinco fases de ciclo de vida. A Gestão de Ativos faz parte do estágio de Transição de Serviço, que ajuda a planejar e gerenciar a mudança de estado de um serviço em seu ciclo de vida.

A Gestão de Ativos de TI diz respeito a todos os aspectos de hardware, software e licenças de software. É possível gerenciar as licenças de software, os ciclos de vida de hardware e a economia de dinheiro pela padronização dos ativos de TI.

Já o Gerenciamento da Configuração e Ativos de Serviços (SACM) é mais amplo e ajuda a controlar adequadamente todos os ativos de serviço necessários para a prestação de serviços, incluindo desde infraestrutura, aplicativos e dados até pessoas, organização e gerenciamento.

O Banco de Dados de Gerenciamento de Configuração (BDGC) faz parte da Configuração e da Gestão de Ativos de TI. É basicamente o local central para gerenciar os itens de configuração como ativos de TI.

O BDGC é onde você registra dados relevantes de itens como aplicativos, teclados e impressoras. É de onde os processos ITIL extraem as informações, seja gerenciamento de incidentes, de problemas ou de ativos.

A principal diferença dele para a Gestão de Ativos é que esse último é um conceito mais amplo. Enquanto o BDGC armazena registros de configuração, a Gestão de Ativos usa o BDGC para controlar os ativos. 

O Gerenciamento de Ativos de TI é uma parte essencial do TOPdesk. Com base na experiência, desenvolvemos as melhores práticas. Veja as quatro mais importantes:

  1.   Não registre tudo. Ao começar a usar o ITAM, você pode registrar todo o seu hardware e software, mas verifique apenas o que é realmente importante adicionar.  Evite informações extras que nunca usará e somente gastará tempo para atualizar.
  2.   Mantenha os ativos atualizados. Cada ativo registrado exige um processo regular para manter os dados em dia, alterando-os e/ou removendo-os. Se você não pode se comprometer uma parte do seu ITAM para isso, não o registre.
  3.   Atenção com direitos e funções. Manter um banco de dados perfeito exige mais do que processos. É necessário saber quem tem acesso aos ativos, se eles podem fazer alterações e se as alterações são registradas. Garanta acesso a todas as informações para evitar surpresas.
  4.   Monitore tudo. Quando um determinado hardware ou software é registrado, verifique se o gerente do processo pode provar ao proprietário do processo que isso realmente aconteceu. Use sempre os KPIs e relatórios certos para fazer o backup.

O software da TOPdesk é uma solução completa com as funcionalidades que você precisa para uma excelente gestão da TI. Conheça mais sobre nosso módulo de Gestão de Ativos ou, se preferir, teste gratuitamente nossa solução e veja como ele funciona na prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este artigo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on skype
Share on whatsapp

Compartilhe este artigo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on skype
Share on whatsapp

Artigos Relacionados: