Metodologia OKR: o que é e como implementar

metodologia OKR
TOPdesk Brasil

TOPdesk Brasil

Como mensurar resultados da sua empresa de forma eficiente? Essa é uma dúvida muito comum no dia a dia das organizações. Afinal, será que as métricas estão apontando de fato a situação da empresa? Há algo que está sendo deixado de lado?

A metodologia OKR tem sido uma das mais utilizadas atualmente, porque justamente a Google que a utilizou para promover seu crescimento de 40 para 60 mil funcionários. Ou seja, é uma boa referência para auxiliar na expansão das organizações e encontrar formas de potencializar resultados e alcançar objetivos.

Quer saber como ela pode funcionar para você? Então continue lendo que vamos trazer todas as informações que você precisa sobre o tema. Boa leitura!

O que é a metodologia OKR?

OKR é a sigla para Objectives and Key Results ou, em português, Objetivos e Resultados-Chave. Assim, é uma metodologia que visa estabelecer os objetivos para a organização dentro de um determinado período de tempo e mensurando os resultados para alcançar os resultados esperados. Ou seja, é uma grande aliada de estratégias bem delimitadas e de bons planejamentos estratégicos.

Nela nós temos dois componentes básicos:

  • objetivos: o que sua empresa deseja alcançar? Esse objetivo precisa ser claro, direto, objetivo e que todos os envolvidos estejam cientes do tema;
  • resultados-chave: avaliação das metas que tenham impacto direto para atingir esse objetivo.

Por exemplo, se o objetivo é tornar-se liderança nas vendas no seu segmento, é importante analisar metas como aumento no volume de vendas, ticket médio, fidelização, custo por aquisição, entre outros pontos que podem auxiliar a melhorar os ganhos e superar concorrentes. Assim, o objetivo, apesar de ser claro e direto, ele é mais abstrato, enquanto as metas de resultados-chave são pontos precisos e que podem ser quantificados.

Como surgiu essa metodologia?

A metodologia OKR foi criada por Andrew S. Grove, ex-CEO da Intel. Contudo, ela só ganhou maior notoriedade a partir de 1999, quando a Google, até então uma empresa pequena de 40 funcionários, conheceu essa metodologia a partir de um investidor. Os resultados disso, bom, você já sabe, não é mesmo?

Uma dúvida muito comum para os gestores é identificar as diferenças entre OKR e KPI (Key Performance Indicators ou, em português, Indicadores-Chave de Performance). Elas realmente podem parecer, em um primeiro momento, semelhantes, mas possuem diferenças.

As KPIs avaliam processos que já estão sendo realizados, ou seja, que estão sendo desempenhados, em desenvolvimento. Ou seja, analisam como processos foram desempenhados. OKR, em contrapartida, analisa as metas que devem ser alcançadas.

Em outras palavras, enquanto uma está projetando para o futuro, a outra está analisando os resultados do que estava sendo feito no passado. Com isso, você deve ter percebido um ponto bem interessante: é possível trabalhar com as duas em conjunto.

A metodologia OKR é bastante utilizada, principalmente, pelos diversos benefícios que ela promover. Confira as principais a seguir.

A metodologia OKR é uma das mais utilizadas nas startups e não é a toa. Trata-se de um modelo inovador, que adequa-se para o novo cenário organizacional e, assim, acompanha os novos modelos de gestão. Com isso, é possível aplicar estratégias agressivas de crescimento, mas que não comprometam a sustentabilidade da empresa a longo prazo.

Quando sabemos o que queremos alcançar e como mensurar nossa chegada nessa trajetória, temos maiores chances de bons resultados. Isso porque conseguimos antecipar eventuais erros e corrigir rotas antes de continuarmos insistindo na falha.

Com a metodologia OKR você tem métricas em mãos que permitam analisar se está no caminho certo e o ponto no qual é necessária uma mudança importante. Por isso, pode ser essencial para identificar eventuais crises e evitar que complicações ocorram no futuro, bem como potencializar pontos fortes.

A metodologia OKR pode ser utilizada por empresas de todos os tamanhos, desde autônomos a PMEs e grandes empresas. Inclusive, para as menores, pode ser o fator diferencial para que ela possa alcançar escalabilidade no crescimento e superar as metas estabelecidas previamente.

Além disso, ela pode ser utilizada na empresa como um todo, bem como também trazer uma avaliação por setores. Utilizada de forma estratégica, pode auxiliar, inclusive, em uma visão integrada da organização.

Outro ponto é que ela se adapta facilmente as mais diferentes empresas dos mais variados segmentos e modelos. Isso porque ela não segue regras inflexíveis, diferentemente de modelos de gestão tradicionais.

Ok, agora você sabe de todo o potencial que a metodologia OKR pode trazer para seu negócio e imaginamos que esteja super ansioso para colocá-la em prática. Agora vem a dúvida mais importante: como começar? Vamos trazer um passo a passo a seguir de como implementar a metodologia OKR em sua empresa. Confira:

  • comece pequeno e aos poucos. Lembre-se que a sua implementação poderá trazer mudanças significativas para as empresas. Assim, pense em uma adoção em fases e vá passo a passo, ok?
  • tenha cerimônias periódicas para avaliação das métricas. Esses ciclos podem ser feitos trimestralmente, por exemplo;
  • defina um objetivo inicial. Ele será o seu resultado piloto. Com isso, os times ficarão mais engajados para continuar seguindo a metodologia no dia a dia;
  • treine os times, principalmente, acerca dos motivos que levaram à adoção da metodologia. Isso será importante para uma melhor adesão ao projeto;
  • mantenha o foco e evite tentar ser um “equilibrista de pratos” de objetivos e metas.;
  • cuide da organização de informações e gestão de dados no seu departamento. Veja como você vai mensurar estes resultados. Uma solução de service desk pode ajudar com isto.

A metodologia OKR pode ser muito interessante para os ambientes de TI. Mas lembre-se: é fundamental ter formas de gerenciar seus esforços para poder mensurar resultados com menos riscos e maior eficiência. Para isso, conte com a TOPdesk! A solução TOPdesk oferece diversos recursos para organizar seu service desk, extrair relatórios e, consequentemente, otimizar sua operação. 

Teste gratuitamente e comprove como nossa solução pode ajudar você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Teste nossa solução de Service Desk gratuitamente!

OU

Compartilhe este artigo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on skype
Share on whatsapp

Artigos Relacionados:

ITSM

Por que adotar uma solução ITSM baseada em nuvem?

O ITSM baseado em nuvem ganha cada vez mais relevância no universo corporativo quando o assunto é melhorar a gestão da empresa. Saiba mais sobre os benefícios das soluções SaaS.